Connect with us

Notícias

ONG SOS Segurança Dá Vida visita Ji-Paraná/RO que poderá ter Guarda Municipal

Publicado

em

#Avisoaosnavegantes

Na data do dia 17 de junho de 2021, reuniram se vereador Wandersom Araújo, Agentes de trânsito e a ONG SOS SEGURANÇA DA VIDA representados por Jocemara e pelo presidente e idealizador Naval. O Evento tem o objetivo de apoiar e criar a Guarda Municipal de Ji-Paraná/RO para melhoria da Segurança Pública Municipal, o Projeto inicial é de autoria do Vereador Marcelo Lemos, que é um grande visionário, mas infelizmente por estar em outros compromissos, não pode participar.

A reunião procura dar prosseguimento ao projeto mais Segurança pública Municipal percorrendo várias cidades do país. De acordo com o projeto da ONG SOS SEGURANÇA DA VIDA declarado na CARTA DE INTENÇÕES da primeira Marcha azul Marinho Rondoniense, realizada em 2017 na cidade de Ariquemes, organizada pelas Guardas Municipais Rosilene e Jocemara , pontuando várias mudanças na Guarda Municipal de Ariquemes como mudança de nomenclatura, mudança de uniforme da cor verde para azul marinho, estruturação da instituição de acordo com a lei 13022/14, o Estatuto Geral das Guardas Municipais, criação da Corregedoria para instituir o armamento entre outras atribuições, modernização da funcional, ampliação do Vídeo Monitoramento, criação do Canil, Capacitação e Formação, Ronda Escolar , mudança de comando, apoio da entidade de classe associação – AGMA ( que não houve), criação da Guarda Ambiental, criação da Cavalaria, criação e ampliação do prédio da base da Guarda de Trânsito, aquisição de viaturas, aquisição de EPIs- Equipamentos de proteção individual para todos os integrantes da Guarda Municipal de Ariquemes, dentre outros, priorizando estimular, principalmente mais Guardas Municipais em Rondônia e em todo território nacional.

A reunião foi muito proveitosa, com a presença de várias pessoas que querem a criação imediata da Guarda Municipal de Ji-Paraná, o anfitrião do encontro, vereador Wanderson abriu o diálogo informando a necessidade da Guarda Municipal da cidade tecendo vários elogios ao mentor do projeto, vereador Marcelo, demonstrando a união e o reconhecimento do bom trabalho realizado na câmara de Ji-Paraná. O papel da ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA foi explicar detalhadamente a importância do estado de Rondônia ter uma Guarda Municipal para servir de exemplo para os demais municípios. Naval eixou claro que a luta de criar estas instituições tem o único objetivo de colaborar com o crescimento da cidade propiciando mais segurança para sua população e os comerciantes que alavancam a economia da região. Finalizou sua fala, agradecendo a hospitalidade  e esperançoso que em breve teremos mais uma Policia Municipal no país.

#Equipe

Notícias

Senador resume sabiamente a importância das Guardas Municipais

Publicado

em

#Avisoaosnavegantes

O XIV Seminário Nacional de Guardas Municipais e Segurança Pública que ocorreu no Congresso Nacional no dia 13/07/22, em Brasília chamou a atenção pelo grande número de importantes Parlamentares, entre eles, o Senador da República federativa do Brasil, Confucio Moura que é o Padrinho das Guardas Municipais, título recebido pela ONG SOS Segurança Dá Vida desde 2019.

Atente para as palavras do Senador quando ele fala da importância das Guardas Municipais na Segurança Pública Municipal.

#naval

Em Seminário, Confúcio Moura fala da importância das guardas municipais para a segurança pública

Em discurso, o parlamentar afirma que o Brasil precisa do trabalho coletivo para sair dessa fase difícil que está passando na segurança pública e que as guardas municipais estão inseridas no cotidiano das pessoas e dos municípios brasileiros.

Durante a abertura do 14º Seminário Nacional de Guardas Municipais e Segurança Pública realizado por sugestão da ONG SOS Segurança Dá Vida, promovida pela Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (13), no auditório Nereu Ramos, em Brasília, com a participação de parlamentares, representantes das guardas municipais e de órgãos de segurança pública, o senador Confúcio Moura defendeu a existência das Guardas Municipais e afirmou que elas promovem a segurança pública na cidade por meio da proximidade, da segurança preventiva e do respeito ao cidadão.

O senador lembrou que sua a relação com a guarda municipal iniciou no período em que foi prefeito de Ariquemes (RO) e buscou inspiração na Guarda Municipal na cidade mineira de Juiz de Fora, para implantar na cidade polo do Vale do Jamari. As dúvidas estavam relacionadas às questões legais e orçamentárias. Resolvidos os entraves, a guarda municipal em Ariquemes foi a primeira e a única implantada até hoje no estado de Rondônia.

Confúcio Moura disse que tem um profundo respeito e admiração pelo papel da Guarda Municipal. Segundo ele, é a guarda da proximidade. “A Guarda Municipal está perto do cidadão, está na praça, na porta da escola, no fórum, enfim, em todos os logradouros da cidade, e nas cidades médias e pequenas todo mundo conhece o guarda pelo nome. Sabe quem é a mãe. Sabe quem é a esposa. Sabe quem são os filhos. Então o guarda é querida por todos. É aquela pessoa que todo mundo quer bem, que respeita, às vezes nem usa arma, mas tem o respeito natural das pessoas”, enfatizou o senador.

Na época em que foi prefeito, Confúcio Moura disse que entendia a guarda Municipal como um mobilizador social. “Era aquele guarda que preocupava com a vida de sua comunidade, que interessava até pelo desemprego dos seus membros. Então, nós preparamos nossos guardas daquela época para orientar até na elaboração de projeto econômico que, se fosse necessário, ele pudesse ajudar as pessoas até nisso”, disse.

A vice-presidente da ONG SOS Segurança Dá Vida, Rosilene Brito, explicou que este ano o movimento está trabalhando baseado no Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS 16, da ONU, que tem como objetivo discutir a consolidação das guardas municipais na qualidade de órgãos de segurança pública, com o olhar voltado para a defesa de toda a sociedade, e as principais proposições em tramitação no Congresso Nacional que dizem respeito a essas instituições e seus integrantes.

Rosilene Brito disse que o senador Confúcio Moura quando foi prefeito de Ariquemes coordenou a guarda, e, justamente nesse período a categoria e a população local tiveram mais ganhos. “Confúcio Moura conhece a polícia comunitária. Então, ele estuda, é um mestre. Ele dizia que a polícia europeia era o modelo que queria para nós enquanto prefeito – ‘Quero uma polícia educada. Eu quero uma polícia próxima da sociedade’ – dizia, e nos deu esse perfil nas reuniões que fazia conosco. E é isso mesmo. As guardas municipais são uma polícia que trabalha com proximidade. Nós nem sabíamos o que era. E o então prefeito investiu em uniformes, investiu na estrutura predial. Foi a única vez que nós tivemos cursos de formação e qualificação”, pontuou a guarda municipal.

Fonte:https://senadorconfucio.com.br/em-seminario-confucio-moura-fala-da-importancia-das-guardas-municipais-para-a-seguranca-publica/

Continue Lendo

Notícias

Mogi Mirim presente na XVII MARCHA AZUL MARINHO A BRASÍLIA

Publicado

em

#Avisoaosnavegantes

A Guarda Municipal de Mogi Mirim esteve presente em mais um grande evento em Brasília no Congresso Nacional, onde teve voz o Secretário Luiz Carlos falando da importância dos gestores serem Guardas Municipais.

#naval

Mogi Mirim ganha espaço e voz no debate da Marcha Azul Marinho, em Brasília

O secretário de segurança pública teve a oportunidade de apresentar o trabalho dos Guardas de Mogi Mirim no debate da Câmara Federal

Mogi Mirim conquistou espaço e voz no debate nacional em prol das GCMs (Guardas Civis Municipais), na XVII Marcha Azul Marinho, realizada no Congresso Nacional. em Brasília. O evento foi realizado nesta quarta-feira, dia 13.

O secretário municipal de segurança pública, Luiz Carlos Pinto foi convidado a discursar durante o Seminário Nacional das Guardas Municipais e Segurança Pública em parceria com a CLP – Comissão de Legislação Participativa -, para debater o tema: Violência requer prevenção, Guardas Municipais, Já!

 

“Não podia ter viajado 12 horas e ir embora sem vir aqui e falar para vocês que isso aqui (Marcha) é muito importante, só assim seremos reconhecidos. Como guarda de carreira há 29 anos eu vi muitas vezes a guarda da minha cidade e de outras ser massacrada por pessoas, não GCMs, que vinham para ser nossos comandantes e aí a gente não andava. Só depois que a nossa cidade fechou que quem toma conta de guarda municipal é guarda municipal, nós começamos a andar. Eu vim trazer para vocês, com muito orgulho, que há um ano e meio à frente da secretaria de segurança de Mogi Mirim, tivemos investimentos de mais de R$ 6 milhões na nossa Guarda Municipal”, discursou Luiz Carlos.

 

Na manifestação nacional em prol das GCMs, Mogi Mirim também esteve representada pelo comandante da GCM, Leandro Correa, o coordenador de Defesa, Josemar Moreira e GCMF Márcia Zerbinatti.

 

A Marcha Azul Marinho teve o objetivo de unir a categoria, reivindicar projetos e políticas públicas e apresentar ao País, informações sobre a Polícia Municipal na Segurança Pública, municipalizada, através das Guardas Civis Municipais, que realizam diariamente o policiamento preventivo local, de forma comunitária, originalmente.

A Marcha Azul Marinho é uma manifestação de cunho Social, Cultural e Científico” e promove seminários, fóruns, congressos, encontros e ou, em uma audiência pública.

No último final de semana, Mogi Mirim realizou o 1º Congresso e Encontro K9 e recebeu a participação do Guarda Civil Metropolitana de São Paulo e idealizador da Marcha Azul Marinho, presidente da ONG SOS Segurança Dá Vida, Maurício Naval, que se comprometeu a tentar dar voz aos GCMs mogimirianos.

A MARCHA

A Marcha Azul Marinho é uma mobilização nacional já se tornou uma tradição e conta com apoio da sociedade em geral, Confederações, Sindicatos, Federações, Associações, ONGs, Grêmios, Parlamentares, Empresários, Câmaras, Prefeituras, Partidos Políticos e até do Governo Federal.

Através das Marchas Azul Marinho, foi possível convencer os Parlamentares do Congresso Nacional a aprovarem a Lei Federal 13022/14, Estatuto Geral das Guardas Municipais, que regulamenta as Guardas Municipais em todo o Brasil, como as Polícias Municipais Preventivas, em defesa de toda sociedade brasileira. Também houve aprovação da nomenclatura de Polícia Municipal na CCJ, (2018) além de emendar o Piso Salarial Nacional para toda categoria, através de enquete no portal das Guardas Municipais, www.guardasmunicipais.com.br e www.policiasmunicipais.com.br .

 

A Marcha Azul Marinho nasceu após o idealizador NAVAL prestar serviços como Guarda Municipal, à frente de Escolas, Pronto Socorros, Praças, Teatros, Igrejas, Câmaras, Prefeituras e outros logradouros públicos, onde notou, o quanto é importante a presença do Poder Público, que outrora estava abandonado, e passa a contar com os serviços constantes do Servidor Guarda Municipal, tudo muda!

 

A partir daí, iniciou a tarefa de viajar por todo o Brasil, de norte a sul, palestrando e dando cursos gratuitamente, buscando convencer a sociedade, a importância deste novo modelo de Polícia, as Guardas Municipais. Posteriormente percebeu que para conquistar o povo, precisava de uma ferramenta mais potente para convencer as pessoas em massa. Então, em um encontro, realizado pela Associação de Guardas Municipais de São Paulo, entre várias lideranças, comentaram sobre um evento que abalasse Brasília e o Congresso Nacional.CLP – Comissão Legislação Participativa.

Fonte:https://mogimirim.portaldacidade.com/noticias/policial/mogi-mirim-ganha-espaco-e-voz-no-debate-da-marcha-azul-marinho-em-brasilia-5218

Continue Lendo

Notícias

Guarda Municipal de Jacobina participa da XVII Marcha Azul Marinho, em Brasília

Publicado

em

#Avisoaosnavegantes

Mais uma vez a tradicional Marcha Azul Marinho a Brasilia surpreende no seu retorno após pandemia e atinge SUCESSO inesperado até pelos Parlamentares que elogiaram incansavelmente a atitude organizacional do evento e se comprometeram a aprovar todos os projetos necessários para a CONSOLIDAÇÃO da Polícia Municipal no Brasil.

A ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA agradece o Vice Presidente da Câmara Federal Lincoln Portella que discursou na abertura da Marcha ainda na Catedral de Brasília pouco antes do início rumo ao Congresso Nacional, onde pediu a todos um minuto de silêncio pela morte do GM assassinado em Foz do Iguaçu no Paraná.

Agradecemos a todos e PARABÉNS NAÇÃO AZUL MARINHO!

Parabenizamos a Caravana de Jacobina na Bahia que compareceu em peso na Marcha Azul Marinho demonstrando que está imbuída de nossa missão que é proteger a população brasileira.

#naval

Guarda Municipal de Jacobina participa da XVII Marcha Azul Marinho, em Brasília

Nesta semana, representantes da Guarda Municipal de Jacobina participaram da XVII Marcha Azul Marinho, realizada no Congresso Nacional.

A nossa GCM foi representada pelo vereador Almir Santos Lima, que é Guarda Municipal, juntamente com Marcos Adriano, Gecivaldo, Josemar, Edmilton Mota, Alcigleik, Tinel, Dailma, Márcia,Erivaldo, Amilton e Gean.

Segundo Marcos Adriano, o objetivo do evento é unir a categoria, reivindicar projetos e políticas públicas e apresentar ao País, informações sobre a Política Municipal na Segurança Pública, através das Guardas Civis Municipais, que realizam diariamente o policiamento preventivo local, de forma comunitária, originalmente.

Durante a semana também aconteceu o XIV Seminário Nacional das Guardas Municipais e Segurança Pública, em parceria com a CLP – Comissão de Legislação Participativa -, onde foi abordado o tema: Violência requer prevenção, Guardas Municipais, Já!

Já a Marcha Azul Marinho é uma mobilização nacional que já se tornou uma tradição e conta com apoio sociedade em geral, Confederações, Sindicatos, Federações, Associações, ONGs, Grêmios, Parlamentares, Empresários, Câmaras, Prefeituras, Partidos Políticos e até do Governo Federal.

Através das Marchas Azul Marinho, foi possível convencer os Parlamentares do Congresso Nacional a aprovarem a Lei Federal 13022/14, Estatuto Geral das Guardas Municipais, que regulamenta as Guardas Municipais em todo o Brasil, como as Polícias Municipais Preventivas, em defesa de toda sociedade brasileira. Também houve aprovação da nomenclatura de Polícia Municipal na CCJ, (2018) além de emendar o Piso Salarial Nacional para toda categoria, através de enquete no portal das Guardas Municipais, www.guardasmunicipais.com.br e www.policiasmunicipais.com.br .

Responsáveis por diversos serviços preventivos de segurança pública, as guardas municipais são instituições de caráter civil, uniformizadas e armadas, conforme especifica o Estatuto Geral das Guardas Municipais.

Entre suas competências está solucionar conflitos, atuar como agente de trânsito nas vias municipais e fazer o encaminhamento do autor das infrações ao delegado de polícia, nos casos de flagrante delito. Os guardas municipais também podem celebrar convênios com órgãos de municípios vizinhos, de estados e da União para desenvolver planos de defesa civil.

Durante o evento, o deputado Jones Moura (PSD-RJ), integrante da guarda municipal do Rio de Janeiro, enfatizou que a união das guardas municipais de todo o País é muito importante.

O vereador Almir Lima e o GM Marcos Adriano, representantes do município de Jacobina, também fizeram uso da palavra durante o evento, enaltecendo a luta da corporação na melhoria da segurança pública.

Fonte: https://www.jacobina24horas.com.br/guarda-municipal-de-jacobina-participa-da-xvii-marcha-azul-marinho-em-brasilia/

Continue Lendo
Publicidade

Mais Populares

Guardas Municipais - Todos os direitos reservados © 2021 | Desenvolvido por Melhores Templates