Connect with us

Notícias

A SAGA DO GRANDE GUERREIRO AZUL MARINHO

Publicado

em

Há mais de uma década, mais precisamente em 2003, por intermédio do DEPUTADO FEDERAL ARNALDO FARIA DE SÁ, foi apresentado ao Congresso o PL 1332/2003, que dispunha sobre as competências das Guardas Municipais. A partir daí, criou-se grandes expectativas em torno da possibilidade da categoria ascender ao status de POLÍCIA MUNICIPAL.

Pois bem, começava, então, uma longa jornada, em busca de um sonho Azul Marinho. O sonho de poder contribuir efetivamente, para a diminuição dos altíssimos e crescentes índices de violência. Nesse mesmo ano, enquanto o país registrava oficialmente, 49,695 homicídios, Alagoas divulgava seus incríveis 989 homicídios. Enquanto a taxa de homicídios por cem mil habitantes no Brasil era de 28,5, em Alagoas, o índice era de 34,3 (dados extraídos do livro: As faces da segurança pública e dos direitos humanos em Alagoas, de Ruth Vasconcelos e Elaine Pimentel); Números locais, mas que mostravam claramente a então realidade da segurança pública e, sobretudo, cidadania no país.

Enfim, diante de toda essa dura e assombrosa realidade, as Guardas Municipais, sobretudo, as metropolitanas, principalmente aquelas situadas nos grandes centros financeiros, tais como São Paulo e Rio de Janeiro, entre outros, começavam a responder operacionalmente, com ações de combate ao crime, em virtude de que, as então polícias constituídas já não conseguiam, sozinhas, dar conta de tamanha demanda. Com ou sem poder de Polícia, era preciso atuar em favor da sociedade, “esperar não era saber, era preciso fazer acontecer”… Assim, uma após outra corporação Azul Marinho, executava ações ostensivas, com o emprego de armas de fogo, e aos poucos fomos conquistando espaço.

Quando lançado, o projeto de lei que alterava as competências das Guardas Municipais, o PL 1332/3, lançou a esperança a toda a família Azul Marinho, de que, um dia poderíamos ocupar nosso próprio espaço na segurança pública, atuando de forma efetiva e, sobretudo, institucionalmente correta. Seria preciso um grande esforço coletivo e coordenado, no sentido de mobilizar todas as corporações Azuis Marinho, espalhadas por esse imenso Brasil. Diante desse desafio colossal, surgiram inúmeros guerreiros, dispostos a propagar essa que tornara-se a GRANDE JORNADA. Mas era preciso ordenar, coordenar e, sobretudo, conduzir a tropa, nessa que seria uma longa, árdua, mas vitoriosa caminhada, rumo à ASCENÇÃO da categoria.

E, falando em conduzir a TROPA, só um grande líder, do tipo que segue à frente, que não recua diante de ameaças, que não mede distância para propagar a luta, que defende com unhas e dentes a HONRA Azul Marinho, poderia encabeçar incansavelmente essa batalha; Estou falando do Guarda Civil Metropolitano, classe distinta, de São Paulo/Capital, Maurício Domingues, o Naval, fundador de dezenas de entidades representativas de classe, como também, da ONG SOS Segurança dá Vida, da qual é presidente desde 2008. Um guerreiro incansável, determinado, e convicto, sempre se reerguendo diante de cada batalha perdida, na certeza de que, a luz no fim do túnel continuava acesa, à espera daqueles que seriam capazes de alcança-la. Uma tarefa árdua, desgastante, até mesmo degradante, diante de forças opositoras tão vorazes, tão poderosas, imbuídas na missão de interromper o crescimento Azul marinho, e ao mesmo tempo, impedir que a sociedade seja contemplada com um significativo e necessário implemento na segurança do cidadão Brasileiro.

O Estado de Alagoas, apenas em Março deste ano, conheceu de perto a força da liderança desse homem de Deus, por ocasião da 1ª MARCHA AZUL MARINHO ALAGOANA, realizada na Cidade de São Miguel dos Campos. Uma presença marcante, providencial, mobilizando lideranças importantes no cenário político Estadual, o suficiente para impulsionar e encaminhar importantes apoios parlamentares, na aprovação do então PL 1332/3.

Enfim, só aqueles que tiveram a HONRA e o PRIVILÉGIO de estar no FRONT junto a esse GUERREIRO em inúmeras batalhas, é que, poderão verdadeiramente, e com mais detalhes, esmiuçar os feitos do GRANDE GUERREIRO AZUL MARINHO, mas os poucos momentos de luta que tive a seu lado, foram mais que o suficientes para poder, em nome de todos os GM’s de Alagoas e, de todo o país, HOMENAGEAR com toda justiça, à “MAURÍCIO DOMINGUES, O NAVAL”, pelas inúmeras, longas, e cansativas missões, por esse imenso Brasil, levando não só aos Guardas Municipais, mas a todos os cidadãos, a mensagem de que, ” VIOLÊNCIA PRECISA DE PREVENÇÃO!”, e a prevenção é a POLÍCIA MUNICIPAL.

PARABÉNS GRANDE GUERREIRO!
DEUS HONRA AQUELES QUE NÃO SE CANSAM NA CAMINHADA, MAS SEGUEM FIRMES E CONFIANTES, COM HUMILDADE E FÉ, EM DIREÇÃO À GRANDE VITÓRIA!

Carlos André S, Santos.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Marcha Azul Marinho na Bahia na terra do Dep Fed Arthur Maia

Publicado

em

#AvisoaosNavegantes

Desde a quinta-feira passada, Naval resolveu realizar mais uma vez a MARCHA AZUL MARINHO na Bahia. Desta vez o objetivo é sensibilizar o Deputado federal Arthur Maia que é o Relator da Reforma Administrativa, PEC 32.
O evento reforça o pedido das Guardas Municipais de todo Brasil para que a Segurança Pública Municipal não seja prejudicada em prol do povo Baiano e toda sociedade brasileira.
#NAVAL

VAMOS MARCHAR NA TERRA DO RELATOR DA PEC 32

Compartilhe até chegar no Deputado Federal ARTHUR MAIA
Produzimos esse Vídeo https://youtu.be/_4y96TzPqNQ por solicitação do Inspetor Naval, Presidente da ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA com ampla divulgação em nível Nacional, para que alcance o Excelentíssimo Senhor Dep. Fed. Arthur Maia (Relator da Reforma Administrativa PEC 32). Seu estado, a BAHIA, está encabeçando movimentações pela Segurança Pública Municipal, ouça nosso pedido, que a aprovação desta PEC 32 atenda os anseios de toda Nação Azul Marinho levando SEGURANÇA PÚBLICA de qualidade ao povo brasileiro.
Rosilene Brito de Rondônia – ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=_4y96TzPqNQ

Continue Lendo

Notícias

Equipes ROMU da Guarda Municipal são reativadas

Publicado

em

  • A Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) foi reativada. Nesta sexta-feira, 30 de julho, o prefeito Marquinhos e o secretário de administração Fred Reule estiveram na cerimônia de entrega de chaves, que aconteceu na Praça da Matriz nesta tarde.

Ao todo, são 16 integrantes, divididos em 4 equipes alternadas por período. A ROMU é uma equipe especializada para agir em situações de maiores gravidades e volta a atuar em Rancharia depois da sua regularização e nova padronização das viaturas.

Fonte: http://rancharia.sp.gov.br/noticias/?i=1720&c=1

Continue Lendo

Notícias

Ji-Paraná vai debater em Audiência Pública criação da Guarda Municipal

Publicado

em

#AvisoaosNavegantes

No mês de setembro nossa agenda está super lotada, mas em Rondônia, o trabalho que estamos realizando começa a ganhar corpo. Recentemente estivemos em Ji-Paraná, cidade deste estado, onde teremos no próximo dia 10 de setembro uma Audiência Pública para tratar da criação da Guarda Municipal, iniciativa do autor do anteprojeto, Vereador Marcelo Lemos que há anos defende esta propositura.

Isso demonstra que nosso trabalho, realizado pela ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA pelas corajosas Rosilene e Jocemara vem dando um grande resultado.

Diante dos fatos parabenizamos ambas pela LUTA que vem enfrentando para mudar a Guarda de Trânsito de Ariquemes que só vem prejudicando a população local há anos, com multas e mais MULTAS diariamente, parabenizamos também o visionario nobre vereador Marcelo Lemos por esta iniciativa brilhante.

#Naval

Audiência pública sobre Guarda Municipal tem nova data

Na opinião de Marcelo Lemos, a implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná é um dos pontos que buscam contribuir com a Segurança Pública, já que com o crescimento da cidade, é crescente também o índice de criminalidade.

A nova data para a audiência pública sobre a implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná é o dia 10 de setembro. A data foi definida pelo vereador Marcelo Lemos (PSD), que é o autor do anteprojeto que visa à implantação da Guarda no município. Autoridades de todo Estado estão sendo convidadas a participar do evento, que é aberto ainda a toda comunidade e está programado para as 19 horas do próximo dia 10 no auditório da Câmara de Vereadores de Ji-Paraná.

Para a implantação da Guarda Municipal, Marcelo lemos tem buscado informações com órgãos estaduais e de outros municípios.

Na opinião de Marcelo Lemos, a implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná é um dos pontos que buscam contribuir com a Segurança Pública, já que com o crescimento da cidade, é crescente também o índice de criminalidade.

Há meses trabalhando na elaboração deste anteprojeto, o Vereador diz que por todos os órgãos por onde passa tem incentivo a dar continuidade à implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná, já que será uma força a mais no combate ao crime.

Fonte: https://www.jiparana.ro.leg.br/institucional/noticias/audiencia-publica-sobre-guarda-municipal-tem-nova-data

Continue Lendo
Publicidade

Mais Populares

Guardas Municipais - Todos os direitos reservados © 2021 | Desenvolvido por Melhores Templates