Connect with us

Notícias

O VILÃO DAS INSTITUIÇÕES TAMBÉM NA SEGURANÇA PÚBLICA

Publicado

em

Queridos amigos e companheiros de trabalho. Estamos vivendo momentos de apreensão e de combate àqueles que não querem que nosso trabalho seja reconhecido. Claro que estou falando da tão discutida PLC/2014.

Digo que existem fins eleitoreiros, porque sem uma política Nacional que ratifique nossas funções, ficamos a cargo do executivo municipal que se achar interessante ao seu governo, nos ampara e, caso não entenda que segurança começa com as corporações municipais, acaba por atravancar o trabalho do agente de segurança pública municipal.

Ninguém quer isso. Nem os servidores, nem a população por eles atendida.

Nada existe na Constituição Federal, em seu artigo 144, que ligue a Guarda Municipal restritamente a vigilância de patrimônio público, como descrevem algumas interpretações mal feitas e equivocadas, aliás a palavra “patrimônio” nem aparece neste artigo. O que existe é um parágrafo ligado ao Caput, e portanto absorvendo as atribuições ali elencadas e que somente faculta ao município a condição de criar esta força policial municipal, ou não. Citando o Dr. Aníbal Bassan Junior , o fato de a GM não estar inserida em um item do artigo 144 e sim em um parágrafo, só foi feito para que municípios que possuem população e arrecadação reduzidas, não sejam obrigados a criar uma Guarda. Apenas este fato da “desobrigação”, foi o determinante neste contexto. Podem também sobre estas afirmações, os avessos ao trabalho da GM pelo Brasil afora, questionarem tal interpretação. Mas são fatos. Caput ligado ao parágrafo, sem inclusão de palavras ocultas que só os contras enxergam.

Mais um fato deve ser levado em consideração: A Guarda Municipal já atua no policiamento das cidades por todo o país. Isto não vai mudar.

Durante os ataques sofridos por policiais, onde marginais destruíram viaturas e bases policiais e muitos foram assassinados, os GMs também não ficaram de fora. Muitos colegas trajando o fardamento azul marinho, foram mortos deixando suas famílias “órfãs”, muitas vezes sem ao menos portar uma arma para se defender de tais ataques. Isto porque a lei o desampara, mas ao mesmo tempo os comandos e a população exige a atuação efetiva no combate ao crime.
Então nos perguntamos, porque esta Lei não é aprovada??? E a resposta é simples. Por vaidade, poder e ganância.

Gostaria de citar um trecho tratado na psicologia organizacional como “Narcisismo Destrutivo”.
Quem se lembra de Narciso? Um personagem da Mitologia Grega que se admira tanto, se acha tão belo e melhor do que tudo, que morre afogado, depois de cair em um lago ao tentar alcançar sua imagem refletida. Assim são os gestores Narcisistas Destrutivos. Só pensam em seu próprio bem estar, possuem autoestima frágil e é incapaz de expressar qualquer compaixão pelo próximo, normalmente características geradas por insegurança e tendência a resolver tudo sozinho. Estes sujeitos possuem capacidade limitada de trabalhar em equipe, por considerar-se auto suficientes ou superiores e quando percebem que alguém diferente deles de destaca, é capaz de inventar informações errôneas ou assumir riscos para garantir seu poder. Rebaixa o outro para parecer competente, tendo constante ambição de poder.

Estas descrições acima não nos parece familiar. Não é isso que as “forças ocultas” estão mostrando ao se empenharem tanto em diminuir a Guarda Municipal, ao invés de apoiar mais uma corporação atuando na segurança pública e contribuindo assim para a redução da criminalidade?

Colegas da Nação Azul Marinho, familiares e munícipes que amamos, protegemos e dos quais fazemos parte e principalmente representantes do povo no Senado, já não é hora de deixarmos esta Síndrome de Narciso de lado, acabar com esta guerra por poder e pensarmos apenas no tema mais importante que é a segurança pública??

A população merece esta vitória!!!
Pense! Alie-se a grande corrente Azul Marinho em prol à aprovação da PLC 039/2014, sem emendas!!!

Por: GMF Cristina
Guarda Municipal na cidade de Araçatuba/SP
Formada em Psicologia pela Fac-FEA

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Marcha Azul Marinho na Bahia na terra do Dep Fed Arthur Maia

Publicado

em

#AvisoaosNavegantes

Desde a quinta-feira passada, Naval resolveu realizar mais uma vez a MARCHA AZUL MARINHO na Bahia. Desta vez o objetivo é sensibilizar o Deputado federal Arthur Maia que é o Relator da Reforma Administrativa, PEC 32.
O evento reforça o pedido das Guardas Municipais de todo Brasil para que a Segurança Pública Municipal não seja prejudicada em prol do povo Baiano e toda sociedade brasileira.
#NAVAL

VAMOS MARCHAR NA TERRA DO RELATOR DA PEC 32

Compartilhe até chegar no Deputado Federal ARTHUR MAIA
Produzimos esse Vídeo https://youtu.be/_4y96TzPqNQ por solicitação do Inspetor Naval, Presidente da ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA com ampla divulgação em nível Nacional, para que alcance o Excelentíssimo Senhor Dep. Fed. Arthur Maia (Relator da Reforma Administrativa PEC 32). Seu estado, a BAHIA, está encabeçando movimentações pela Segurança Pública Municipal, ouça nosso pedido, que a aprovação desta PEC 32 atenda os anseios de toda Nação Azul Marinho levando SEGURANÇA PÚBLICA de qualidade ao povo brasileiro.
Rosilene Brito de Rondônia – ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=_4y96TzPqNQ

Continue Lendo

Notícias

Equipes ROMU da Guarda Municipal são reativadas

Publicado

em

  • A Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) foi reativada. Nesta sexta-feira, 30 de julho, o prefeito Marquinhos e o secretário de administração Fred Reule estiveram na cerimônia de entrega de chaves, que aconteceu na Praça da Matriz nesta tarde.

Ao todo, são 16 integrantes, divididos em 4 equipes alternadas por período. A ROMU é uma equipe especializada para agir em situações de maiores gravidades e volta a atuar em Rancharia depois da sua regularização e nova padronização das viaturas.

Fonte: http://rancharia.sp.gov.br/noticias/?i=1720&c=1

Continue Lendo

Notícias

Ji-Paraná vai debater em Audiência Pública criação da Guarda Municipal

Publicado

em

#AvisoaosNavegantes

No mês de setembro nossa agenda está super lotada, mas em Rondônia, o trabalho que estamos realizando começa a ganhar corpo. Recentemente estivemos em Ji-Paraná, cidade deste estado, onde teremos no próximo dia 10 de setembro uma Audiência Pública para tratar da criação da Guarda Municipal, iniciativa do autor do anteprojeto, Vereador Marcelo Lemos que há anos defende esta propositura.

Isso demonstra que nosso trabalho, realizado pela ONG SOS SEGURANÇA DÁ VIDA pelas corajosas Rosilene e Jocemara vem dando um grande resultado.

Diante dos fatos parabenizamos ambas pela LUTA que vem enfrentando para mudar a Guarda de Trânsito de Ariquemes que só vem prejudicando a população local há anos, com multas e mais MULTAS diariamente, parabenizamos também o visionario nobre vereador Marcelo Lemos por esta iniciativa brilhante.

#Naval

Audiência pública sobre Guarda Municipal tem nova data

Na opinião de Marcelo Lemos, a implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná é um dos pontos que buscam contribuir com a Segurança Pública, já que com o crescimento da cidade, é crescente também o índice de criminalidade.

A nova data para a audiência pública sobre a implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná é o dia 10 de setembro. A data foi definida pelo vereador Marcelo Lemos (PSD), que é o autor do anteprojeto que visa à implantação da Guarda no município. Autoridades de todo Estado estão sendo convidadas a participar do evento, que é aberto ainda a toda comunidade e está programado para as 19 horas do próximo dia 10 no auditório da Câmara de Vereadores de Ji-Paraná.

Para a implantação da Guarda Municipal, Marcelo lemos tem buscado informações com órgãos estaduais e de outros municípios.

Na opinião de Marcelo Lemos, a implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná é um dos pontos que buscam contribuir com a Segurança Pública, já que com o crescimento da cidade, é crescente também o índice de criminalidade.

Há meses trabalhando na elaboração deste anteprojeto, o Vereador diz que por todos os órgãos por onde passa tem incentivo a dar continuidade à implantação da Guarda Municipal em Ji-Paraná, já que será uma força a mais no combate ao crime.

Fonte: https://www.jiparana.ro.leg.br/institucional/noticias/audiencia-publica-sobre-guarda-municipal-tem-nova-data

Continue Lendo
Publicidade

Mais Populares

Guardas Municipais - Todos os direitos reservados © 2021 | Desenvolvido por Melhores Templates