Connect with us

Eventos

Marcha Azul Marinho, um movimento nacional em busca da paz social pelas Guardas Municipais

Publicado

em

MARCHA AZUL MARINHO: Um novo tempo para as Guardas Municipais e para a Segurança Pública no Brasil.

Aproximadamente às 12 horas do dia 26 de Março próximo, desembarcava no aeroporto Zumbi dos Palmares em Alagoas, para mais uma jornada de compromissos em prol das Guardas Municipais, um dos maiores ícones da luta pela valorização da categoria, Maurício Domingues da Silva, o Naval. Com uma agenda movimentada que incluía, entre almoço com autoridades locais e a coordenação da 1ª Marcha Azul Marinho, como também, entrevista na Rádio 96,5 Fm.

O evento carro chefe que trouxe Naval à Alagoas, a 1ª Marcha Azul Marinho, um sonho antigo, sobretudo, daqueles Gm’s Alagoanos que a tempos não se entregam diante das inúmeras irregularidades.

Decepções a parte, o evento, a “1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas”, teve início com a concentração na praça principal da Cidade de São Miguel dos Campos, onde as caravanas advindas das mais diversas cidades do interior e também da capital, Maceió, como também de outros Estados da Federação, chegavam com dezenas de guardas municipais, vestidos em seus tradicionais trajes de cor azul marinho, sejam eles de combate, de passeio, rajados, enfim, aos poucos, o que eram dezenas, tornaram-se centenas, numa visível demonstração de unidade,

Entre corporações tão distantes geograficamente, mas tão próximas em prol de um mesmo objetivo. que cercam as corporações pelo Estado à fora, principalmente, as que envolvem Guarda que sediou a 1ª Marcha Azul Marinho, São Miguel dos Campos, envolta em dezenas de irregularidades, que ficaram expostas durante todo o evento: Ausência de fardamento, mesmo com um orçamento de 3.900,00, ( três milhões e novecentos mil reais), além de viaturas em estado deplorável, e aquilo que ficou mais evidente durante o seminário, a ausência total, não só de representantes do poder executivo, mas acreditem, do Secretário de Segurança Urbana, aquele que deveria ser o mais interessado. Vai entender.

A concentração, em suma, foi um momento muito especial, onde as delegações e seus respectivos comandantes ou mesmo secretários, como também, as autoridades que se fizeram presentes, aproveitaram o ensejo, não só para confraternizar com as demais delegações, mas principalmente, para conhecer de perto o Mineirinho de Campestre, que, de forma íntegra e corajosa, tem caminhado pelo Brasil a fora, numa busca incessante pela valorização das Guardas Municipais e, sobretudo, pela conscientização da sociedade de que, o combate à violência, requer sangue novo, o sangue azul das Guardas Municipais, uma instituição que cresce a cada dia, consolidando-se como aquela que melhor adequa-se às novas realidades da segurança pública, sobretudo, no trato com as comunidades, justamente onde atua diretamente a Guarda Municipal, salvaguardando o patrimônio público municipal, e, consequentemente, o seu maior bem, o contribuinte.

Por volta das 10:30, após o devido posicionamento das tropas presentes, e um lindo momento de fé, em que o Companheiro Naval, diante de todos

Gm’s, e em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó, conduziu-os a orar em agradecimento à Deus pelas bênçãos derramadas e, principalmente, pela graça de poder contemplar tão grandioso evento em terras Alagoanas.

Enfim, dar-se início a 1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas, ao som da banda musical do Corpo de Bombeiros Militar, embalando e conduzindo uma extensa massa de guerreiros azuis marinho, pelas ruas do centro da Cidade de São Miguel dos Campos. Na organização geral, com liderança, de olhos atentos e vigilantes, estava Maurício Domingues, um incansável guerreiro que, em meio a tudo, não desperdiçava a oportunidade de explicar aos lojistas e munícipes que encontravam-se no caminho da marcha, as razões da realização daquele evento, convidando-os para se fazerem presentes ao Fórum da Cidade para prestigiar o seminário.

O seminário, com a competente apresentação do jornalista Luiz Hamiltom, foi a coroação da 1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas, onde tivemos o privilégio de contar com a presença de personalidades políticas, tais como o ex-Prefeito de Coruripe Max Beltrão, entre outras, e presidindo a mesa, o Ex-secretário de Segurança Urbana de São Miguel dos Campos, Walmore Tenório Jatobá, que também patrocinou o evento.

Mas, na verdade, o momento mais esperado do evento, sem dúvida, era a palestra a ser ministrada pelo Guarda Municipal e idealizador da Marcha Azul Marinho, Maurício Domingues, o Naval. Os Guardas Municipais Alagoanos ansiavam por conhecer de perto o trabalho desse Ícone representativo das lutas da categoria pelo país a fora.

Enfim, Naval inicia sua palestra, levando os presentes a uma viagem histórica desde a origem das polícias no Brasil, até a criação das Guardas Municipais, como também, todo o processo de criação da PEC 534 e a recém-aprovada PL 1332/3.

A 1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas, de forma efetiva, provocou uma positiva mobilização por parte das mais diversas lideranças que compõem as inúmeras corporações do Estado Alagoano como um todo, numa clara demonstração de que, definitivamente, Alagoas, no universo que envolve as Guardas Municipais, dá início a um novo tempo.

Verdadeiramente, ao longo desses mais de seis anos de Marcha Azul Marinho, nossas corporações, Brasil a fora, sobretudo, aquelas que abraçaram o movimento Azul Marinho, na maioria dos casos, conseguiram inúmeros e significativos avanços que, na prática, representaram e continuam representando passos importantes, rumo a nossa tão almejada regulamentação.

Parabéns a todos os guerreiros e guerreiras que, de forma direta ou indireta, contribuíram para que pudéssemos chegar a esse momento, em que margeamos a conquista de nossos objetivos. Em especial, ao guerreiro e amigo Maurício Domingues, O Naval, pela postura de liderança, sempre presente e marcante, como incansável General a frente da tropa, conduzindo e norteando nossos passos nessa batalha tão desgastante, mas sobretudo, prazerosa, na certeza de que, a cada dia, com o engajamento de dezenas de novos companheiros, tornamo-nos mais fortes e, principalmente, vencedores.

Salve a Nação Azul Marinho!

Carlos André S. Santos, Guarda Municipal da Cidade de São Miguel dos Campos, graduado em Recursos Humanos Estratégicos na Faculdade Alagoana de Administração, e graduando em Segurança Pública na Faculdade Estácio de Sá.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eventos

III Marcha Azul Marinho Rondôniense

Publicado

em

#AvisoaosNavegantes

II Marcha Azul Marinho em prol da criação da Guarda Civil Municipal na cidade de Cacoal/RO.

Convidamos toda população para neste dia 14 de Agosto de 2021, participar da II Marcha Azul Marinho na cidade de Cacoal no Estado de Rondônia, para tratarmos de assuntos sobre Segurança Pública Municipal.

Qual é a responsabilidade do município?   Qual é o órgão responsável pela Segurança Pública Municipal?

Pois os municípios não podem sobrecarregar o Estado e precisam assumir sua responsabilidade.

Concentração: Praça da Matriz

Início 07:45 h

Termino: 09:30 h com um seminário na Câmara Municipal de vereadores.

Fonte: https://gcmjocemara.blogspot.com/2021/08/3-marcha-azul-marinho-rondoniense.html

Continue Lendo

Eventos

Marcha azul Marinho

Publicado

em

O que é a MARCHA AZUL MARINHO?

É uma mobilização, que deu início em Brasília, no ano de 2009, que tem como idealizador Mauricio Domingues da Silva, o Naval Guarda Municipal, fundador da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, realizada através da ONG SOS Segurança Dá Vida, que dá juridicidade ao evento.

Neste ano, 2019, a Marcha Azul Marinho completa 10 anos de existência, portanto, já se tornou uma tradição no seio na grande Nação Azul Marinho, (Brasil). Já percorreu todo o país, inclusive, em alguns estados já foram realizadas mais de 10 edições. O evento goza do apoio de todos, da sociedade em geral, Confederações, Sindicatos, Federações, Associações, ONGs, Grêmios, Parlamentares, Empresários, Câmaras, Prefeituras, Partidos Políticos e até do Governo Federal.

A Marcha Azul Marinho não é manifestação,
A Marcha Azul Marinho não é protesto,
A Marcha Azul Marinho não é greve,
A Marcha Azul Marinho não é política. “A Marcha Azul Marinho é uma mobilização Nacional de cunho Social, Cultural e Científico”, porque sempre culmina em um seminário, fórum, congresso, encontro e ou, em uma audiência pública.

A Marcha Azul Marinho é uma mobilização nacional com o único objetivo de levar ao povo brasileiro, informações verdadeiras sobre a Polícia Municipal na Segurança Pública, municipalizada, através das Guardas Municipais, que realizam naturalmente o Policiamento Preventivo local, de forma comunitária, originalmente.

Através das Marchas Azul Marinho, conseguimos convencer os Parlamentares do Congresso Nacional a aprovarem a Lei Federal 13022/14, Estatuto Geral das Guardas Municipais, que regulamenta as Guardas Municipais em todo o Brasil, como as Polícias Municipais Preventivas, em defesa de toda sociedade brasileira. Aprovamos também a nomenclatura de Polícia Municipal na CCJ, (2018) além de emendar o Piso Salarial Nacional para toda categoria, através de enquete no portal das Guardas Municipais, www.guardasmunicipais.com.br e www.policiasmunicipais.com.br .

A Marcha Azul Marinho nasceu após o idealizador NAVAL prestar serviços como Guarda Municipal, à frente de Escolas, Pronto Socorros, Praças, Teatros, Igrejas, Câmaras, Prefeituras e outros logradouros públicos, onde notou, o quanto é importante a presença do Poder Público, que outrora estava abandonado, e passa a contar com os serviços constantes do Servidor Guarda Municipal, tudo muda!

A partir daí, iniciou a difícil tarefa de viajar por todo o Brasil, de norte a sul, palestrando e dando cursos gratuitamente, buscando convencer a sociedade, a importância deste novo modelo de Polícia, as Guardas Municipais. Posteriormente percebeu que para conquistar o povo, precisava de uma ferramenta mais potente para convencer as pessoas em massa. Então, em um encontro, realizado pela Associação de Guardas Municipais de São Paulo, entre várias lideranças, comentaram sobre um evento que abalasse Brasília e o Congresso Nacional. NAVAL conta que esperou por mais de 15 anos, como ninguém realizou a tão sonhada marcha, resolveu tomar a frente, liderou e realizou a I MARCHA AZUL MARINHO À BRASÍLIA e o I SEMINÁRIO NACIONAL DE GUARDAS MUNICIPAIS E SEGURANÇA PÚBLICA, em parceria com a CLP – Comissão de Legislação Participativa. E o evento deu certo, pois contou com várias lideranças da época. Deus nos ajudou muito!

Para decidir por esta estratégia, NAVAL estudou a forma como eram realizados os eventos da categoria, aonde chegavam pessoas de todas as partes do país, de forma individuais e desorganizadas, depois se reunia em um determinado local, momento que eram Guardas Municipais falando para Guardas Municipais e isso aconteceu por mais de 20 anos consecutivos, sem trazer resultados impactantes, principalmente no Congresso Nacional, local que todas as vezes que uma Comissão de Guardas Municipais tentava fazer algum lobby, não conseguia, pois os 4 anos dos mandatos dos 513 parlamentares findavam. Com a chegada da Marcha Azul Marinho, (2009), em uma única tacada, a Nação Azul Marinho se apresentou para todos no Congresso Nacional, época, que até então, era uma categoria totalmente desconhecida politicamente.

Atualmente os eventos, como o Seminário Nacional de Guardas Municipais e Segurança Pública em Brasília, são antecedidos pela mobilização, onde todos os participantes se reúnem num local, de concentração da Marcha Azul Marinho, (Catedral de Brasília), ou se for ocorrer em outra localidade, geralmente, se concentram na praça mais movimentada da cidade e de lá, todos, de forma unificada, determinada e disciplinada realizam o deslocamento até o local dos debates.

Com esta metodologia de trabalho, #NAVAL conseguiu chamar atenção principalmente da mídia grossa, que por muitos anos ignorou os trabalhos das Guardas Municipais.

Quando realizamos uma Marcha Azul Marinho em um município, a região e até o estado pára, fica tudo azul marinho, e aí desperta naquelas pessoas o interesse de irem até a internet e pesquisarem sobre o que realmente é Guarda Municipal. A partir do momento que acontece uma Marcha em uma cidade, a sociedade local passa entender que na Segurança Pública, há uma esperança, não ficam dependentes somente do atual sistema, que já está falído, e imediatamente passam a cobrar do Prefeito e dos Vereadores, os investimentos necessários para se ter mais segurança para suas famílias, através da Polícia Municipal.

As Marchas Azul Marinho, são totalmente gratuitas, percorrem as ruas e avenidas mais movimentadas da cidade, chamando a atenção da população, e sempre são realizadas no centro, justamente com o objetivo de alcançar o maior número de pessoas, chamando inclusive a atenção de toda Mídia local e muitas vezes, até a mídia nacional.

O principal momento da Marcha Azul Marinho é a ORAÇÂO, que independentemente da religião de cada um, levanta-se um clamor por todos, em busca de paz e amor para vencermos as batalhas contra a violência, por isso, regularmente utilizamos sempre o mesmo tema, “VIOLÊNCIA REQUER PREVENÇÃO, GUARDAS MUNICIPAIS, JÁ!”.
#NAVAL

Continue Lendo

Eventos

Guardas municipais de Brumado vão a Câmara convidar para V Marcha Azul Marinho Baiana

Publicado

em

Unindo forças em prol da criação da Polícia Municipal os guardas municipais de todo o país estao realizando uma sequência de atividades com Congressos e passeatas visando apresentar aos legisladores e Gestores públicos municipais a importancia da implantação da Policia Municipal.

A mesma tem por objetivo somar forças com policias já constituídas não refere se só à Segurança. Em Brumado, a Mobilização dos Guardas Municipais tem ganhado Força e apoio do Executivo e do parlamento local.

Brumado: Guardas Municipais Vão à Câmara anunciar uma Marcha Azul Marinho Foto: Lay Amorim / Brumado Notícias

Na Noite da jornal Última segunda-feira (01), Por Exemplo, a categoria utilizou a tribuna Livre da Câmara de Vereadores para reforçar o convite para a Marcha Azul Marinho, Que acontecerá no dia 30 de janeiro de 2015 no município. Está prevista para à ocasião uma passeata pelas ruas da cidade, saindo da avenida Centenário com destino ao legislativo, onde será realizado um congresso com representante nacionais da categoria. Ate o momento, Guardas Municipais de 15 municípios Já confirmaram presença no evento, mas uma perspectiva de que o número seja triplicado.

Fonte: http://www.brumadonoticias.com.br/noticias/8906-2014/12/02/brumado-guardas-municipais-vao-a-camara-anunciar-a-marcha-azul-marinho

Continue Lendo
Publicidade

Mais Populares

Eventos

Marcha Azul Marinho, um movimento nacional em busca da paz social pelas Guardas Municipais

Publicado

em

MARCHA AZUL MARINHO: Um novo tempo para as Guardas Municipais e para a Segurança Pública no Brasil.

Aproximadamente às 12 horas do dia 26 de Março próximo, desembarcava no aeroporto Zumbi dos Palmares em Alagoas, para mais uma jornada de compromissos em prol das Guardas Municipais, um dos maiores ícones da luta pela valorização da categoria, Maurício Domingues da Silva, o Naval. Com uma agenda movimentada que incluía, entre almoço com autoridades locais e a coordenação da 1ª Marcha Azul Marinho, como também, entrevista na Rádio 96,5 Fm.

O evento carro chefe que trouxe Naval à Alagoas, a 1ª Marcha Azul Marinho, um sonho antigo, sobretudo, daqueles Gm’s Alagoanos que a tempos não se entregam diante das inúmeras irregularidades.

Decepções a parte, o evento, a “1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas”, teve início com a concentração na praça principal da Cidade de São Miguel dos Campos, onde as caravanas advindas das mais diversas cidades do interior e também da capital, Maceió, como também de outros Estados da Federação, chegavam com dezenas de guardas municipais, vestidos em seus tradicionais trajes de cor azul marinho, sejam eles de combate, de passeio, rajados, enfim, aos poucos, o que eram dezenas, tornaram-se centenas, numa visível demonstração de unidade,

Entre corporações tão distantes geograficamente, mas tão próximas em prol de um mesmo objetivo. que cercam as corporações pelo Estado à fora, principalmente, as que envolvem Guarda que sediou a 1ª Marcha Azul Marinho, São Miguel dos Campos, envolta em dezenas de irregularidades, que ficaram expostas durante todo o evento: Ausência de fardamento, mesmo com um orçamento de 3.900,00, ( três milhões e novecentos mil reais), além de viaturas em estado deplorável, e aquilo que ficou mais evidente durante o seminário, a ausência total, não só de representantes do poder executivo, mas acreditem, do Secretário de Segurança Urbana, aquele que deveria ser o mais interessado. Vai entender.

A concentração, em suma, foi um momento muito especial, onde as delegações e seus respectivos comandantes ou mesmo secretários, como também, as autoridades que se fizeram presentes, aproveitaram o ensejo, não só para confraternizar com as demais delegações, mas principalmente, para conhecer de perto o Mineirinho de Campestre, que, de forma íntegra e corajosa, tem caminhado pelo Brasil a fora, numa busca incessante pela valorização das Guardas Municipais e, sobretudo, pela conscientização da sociedade de que, o combate à violência, requer sangue novo, o sangue azul das Guardas Municipais, uma instituição que cresce a cada dia, consolidando-se como aquela que melhor adequa-se às novas realidades da segurança pública, sobretudo, no trato com as comunidades, justamente onde atua diretamente a Guarda Municipal, salvaguardando o patrimônio público municipal, e, consequentemente, o seu maior bem, o contribuinte.

Por volta das 10:30, após o devido posicionamento das tropas presentes, e um lindo momento de fé, em que o Companheiro Naval, diante de todos

Gm’s, e em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó, conduziu-os a orar em agradecimento à Deus pelas bênçãos derramadas e, principalmente, pela graça de poder contemplar tão grandioso evento em terras Alagoanas.

Enfim, dar-se início a 1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas, ao som da banda musical do Corpo de Bombeiros Militar, embalando e conduzindo uma extensa massa de guerreiros azuis marinho, pelas ruas do centro da Cidade de São Miguel dos Campos. Na organização geral, com liderança, de olhos atentos e vigilantes, estava Maurício Domingues, um incansável guerreiro que, em meio a tudo, não desperdiçava a oportunidade de explicar aos lojistas e munícipes que encontravam-se no caminho da marcha, as razões da realização daquele evento, convidando-os para se fazerem presentes ao Fórum da Cidade para prestigiar o seminário.

O seminário, com a competente apresentação do jornalista Luiz Hamiltom, foi a coroação da 1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas, onde tivemos o privilégio de contar com a presença de personalidades políticas, tais como o ex-Prefeito de Coruripe Max Beltrão, entre outras, e presidindo a mesa, o Ex-secretário de Segurança Urbana de São Miguel dos Campos, Walmore Tenório Jatobá, que também patrocinou o evento.

Mas, na verdade, o momento mais esperado do evento, sem dúvida, era a palestra a ser ministrada pelo Guarda Municipal e idealizador da Marcha Azul Marinho, Maurício Domingues, o Naval. Os Guardas Municipais Alagoanos ansiavam por conhecer de perto o trabalho desse Ícone representativo das lutas da categoria pelo país a fora.

Enfim, Naval inicia sua palestra, levando os presentes a uma viagem histórica desde a origem das polícias no Brasil, até a criação das Guardas Municipais, como também, todo o processo de criação da PEC 534 e a recém-aprovada PL 1332/3.

A 1ª Marcha Azul Marinho em Alagoas, de forma efetiva, provocou uma positiva mobilização por parte das mais diversas lideranças que compõem as inúmeras corporações do Estado Alagoano como um todo, numa clara demonstração de que, definitivamente, Alagoas, no universo que envolve as Guardas Municipais, dá início a um novo tempo.

Verdadeiramente, ao longo desses mais de seis anos de Marcha Azul Marinho, nossas corporações, Brasil a fora, sobretudo, aquelas que abraçaram o movimento Azul Marinho, na maioria dos casos, conseguiram inúmeros e significativos avanços que, na prática, representaram e continuam representando passos importantes, rumo a nossa tão almejada regulamentação.

Parabéns a todos os guerreiros e guerreiras que, de forma direta ou indireta, contribuíram para que pudéssemos chegar a esse momento, em que margeamos a conquista de nossos objetivos. Em especial, ao guerreiro e amigo Maurício Domingues, O Naval, pela postura de liderança, sempre presente e marcante, como incansável General a frente da tropa, conduzindo e norteando nossos passos nessa batalha tão desgastante, mas sobretudo, prazerosa, na certeza de que, a cada dia, com o engajamento de dezenas de novos companheiros, tornamo-nos mais fortes e, principalmente, vencedores.

Salve a Nação Azul Marinho!

Carlos André S. Santos, Guarda Municipal da Cidade de São Miguel dos Campos, graduado em Recursos Humanos Estratégicos na Faculdade Alagoana de Administração, e graduando em Segurança Pública na Faculdade Estácio de Sá.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eventos

III Marcha Azul Marinho Rondôniense

Publicado

em

#AvisoaosNavegantes

II Marcha Azul Marinho em prol da criação da Guarda Civil Municipal na cidade de Cacoal/RO.

Convidamos toda população para neste dia 14 de Agosto de 2021, participar da II Marcha Azul Marinho na cidade de Cacoal no Estado de Rondônia, para tratarmos de assuntos sobre Segurança Pública Municipal.

Qual é a responsabilidade do município?   Qual é o órgão responsável pela Segurança Pública Municipal?

Pois os municípios não podem sobrecarregar o Estado e precisam assumir sua responsabilidade.

Concentração: Praça da Matriz

Início 07:45 h

Termino: 09:30 h com um seminário na Câmara Municipal de vereadores.

Fonte: https://gcmjocemara.blogspot.com/2021/08/3-marcha-azul-marinho-rondoniense.html

Continue Lendo

Eventos

Marcha azul Marinho

Publicado

em

O que é a MARCHA AZUL MARINHO?

É uma mobilização, que deu início em Brasília, no ano de 2009, que tem como idealizador Mauricio Domingues da Silva, o Naval Guarda Municipal, fundador da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, realizada através da ONG SOS Segurança Dá Vida, que dá juridicidade ao evento.

Neste ano, 2019, a Marcha Azul Marinho completa 10 anos de existência, portanto, já se tornou uma tradição no seio na grande Nação Azul Marinho, (Brasil). Já percorreu todo o país, inclusive, em alguns estados já foram realizadas mais de 10 edições. O evento goza do apoio de todos, da sociedade em geral, Confederações, Sindicatos, Federações, Associações, ONGs, Grêmios, Parlamentares, Empresários, Câmaras, Prefeituras, Partidos Políticos e até do Governo Federal.

A Marcha Azul Marinho não é manifestação,
A Marcha Azul Marinho não é protesto,
A Marcha Azul Marinho não é greve,
A Marcha Azul Marinho não é política. “A Marcha Azul Marinho é uma mobilização Nacional de cunho Social, Cultural e Científico”, porque sempre culmina em um seminário, fórum, congresso, encontro e ou, em uma audiência pública.

A Marcha Azul Marinho é uma mobilização nacional com o único objetivo de levar ao povo brasileiro, informações verdadeiras sobre a Polícia Municipal na Segurança Pública, municipalizada, através das Guardas Municipais, que realizam naturalmente o Policiamento Preventivo local, de forma comunitária, originalmente.

Através das Marchas Azul Marinho, conseguimos convencer os Parlamentares do Congresso Nacional a aprovarem a Lei Federal 13022/14, Estatuto Geral das Guardas Municipais, que regulamenta as Guardas Municipais em todo o Brasil, como as Polícias Municipais Preventivas, em defesa de toda sociedade brasileira. Aprovamos também a nomenclatura de Polícia Municipal na CCJ, (2018) além de emendar o Piso Salarial Nacional para toda categoria, através de enquete no portal das Guardas Municipais, www.guardasmunicipais.com.br e www.policiasmunicipais.com.br .

A Marcha Azul Marinho nasceu após o idealizador NAVAL prestar serviços como Guarda Municipal, à frente de Escolas, Pronto Socorros, Praças, Teatros, Igrejas, Câmaras, Prefeituras e outros logradouros públicos, onde notou, o quanto é importante a presença do Poder Público, que outrora estava abandonado, e passa a contar com os serviços constantes do Servidor Guarda Municipal, tudo muda!

A partir daí, iniciou a difícil tarefa de viajar por todo o Brasil, de norte a sul, palestrando e dando cursos gratuitamente, buscando convencer a sociedade, a importância deste novo modelo de Polícia, as Guardas Municipais. Posteriormente percebeu que para conquistar o povo, precisava de uma ferramenta mais potente para convencer as pessoas em massa. Então, em um encontro, realizado pela Associação de Guardas Municipais de São Paulo, entre várias lideranças, comentaram sobre um evento que abalasse Brasília e o Congresso Nacional. NAVAL conta que esperou por mais de 15 anos, como ninguém realizou a tão sonhada marcha, resolveu tomar a frente, liderou e realizou a I MARCHA AZUL MARINHO À BRASÍLIA e o I SEMINÁRIO NACIONAL DE GUARDAS MUNICIPAIS E SEGURANÇA PÚBLICA, em parceria com a CLP – Comissão de Legislação Participativa. E o evento deu certo, pois contou com várias lideranças da época. Deus nos ajudou muito!

Para decidir por esta estratégia, NAVAL estudou a forma como eram realizados os eventos da categoria, aonde chegavam pessoas de todas as partes do país, de forma individuais e desorganizadas, depois se reunia em um determinado local, momento que eram Guardas Municipais falando para Guardas Municipais e isso aconteceu por mais de 20 anos consecutivos, sem trazer resultados impactantes, principalmente no Congresso Nacional, local que todas as vezes que uma Comissão de Guardas Municipais tentava fazer algum lobby, não conseguia, pois os 4 anos dos mandatos dos 513 parlamentares findavam. Com a chegada da Marcha Azul Marinho, (2009), em uma única tacada, a Nação Azul Marinho se apresentou para todos no Congresso Nacional, época, que até então, era uma categoria totalmente desconhecida politicamente.

Atualmente os eventos, como o Seminário Nacional de Guardas Municipais e Segurança Pública em Brasília, são antecedidos pela mobilização, onde todos os participantes se reúnem num local, de concentração da Marcha Azul Marinho, (Catedral de Brasília), ou se for ocorrer em outra localidade, geralmente, se concentram na praça mais movimentada da cidade e de lá, todos, de forma unificada, determinada e disciplinada realizam o deslocamento até o local dos debates.

Com esta metodologia de trabalho, #NAVAL conseguiu chamar atenção principalmente da mídia grossa, que por muitos anos ignorou os trabalhos das Guardas Municipais.

Quando realizamos uma Marcha Azul Marinho em um município, a região e até o estado pára, fica tudo azul marinho, e aí desperta naquelas pessoas o interesse de irem até a internet e pesquisarem sobre o que realmente é Guarda Municipal. A partir do momento que acontece uma Marcha em uma cidade, a sociedade local passa entender que na Segurança Pública, há uma esperança, não ficam dependentes somente do atual sistema, que já está falído, e imediatamente passam a cobrar do Prefeito e dos Vereadores, os investimentos necessários para se ter mais segurança para suas famílias, através da Polícia Municipal.

As Marchas Azul Marinho, são totalmente gratuitas, percorrem as ruas e avenidas mais movimentadas da cidade, chamando a atenção da população, e sempre são realizadas no centro, justamente com o objetivo de alcançar o maior número de pessoas, chamando inclusive a atenção de toda Mídia local e muitas vezes, até a mídia nacional.

O principal momento da Marcha Azul Marinho é a ORAÇÂO, que independentemente da religião de cada um, levanta-se um clamor por todos, em busca de paz e amor para vencermos as batalhas contra a violência, por isso, regularmente utilizamos sempre o mesmo tema, “VIOLÊNCIA REQUER PREVENÇÃO, GUARDAS MUNICIPAIS, JÁ!”.
#NAVAL

Continue Lendo

Eventos

Guardas municipais de Brumado vão a Câmara convidar para V Marcha Azul Marinho Baiana

Publicado

em

Unindo forças em prol da criação da Polícia Municipal os guardas municipais de todo o país estao realizando uma sequência de atividades com Congressos e passeatas visando apresentar aos legisladores e Gestores públicos municipais a importancia da implantação da Policia Municipal.

A mesma tem por objetivo somar forças com policias já constituídas não refere se só à Segurança. Em Brumado, a Mobilização dos Guardas Municipais tem ganhado Força e apoio do Executivo e do parlamento local.

Brumado: Guardas Municipais Vão à Câmara anunciar uma Marcha Azul Marinho Foto: Lay Amorim / Brumado Notícias

Na Noite da jornal Última segunda-feira (01), Por Exemplo, a categoria utilizou a tribuna Livre da Câmara de Vereadores para reforçar o convite para a Marcha Azul Marinho, Que acontecerá no dia 30 de janeiro de 2015 no município. Está prevista para à ocasião uma passeata pelas ruas da cidade, saindo da avenida Centenário com destino ao legislativo, onde será realizado um congresso com representante nacionais da categoria. Ate o momento, Guardas Municipais de 15 municípios Já confirmaram presença no evento, mas uma perspectiva de que o número seja triplicado.

Fonte: http://www.brumadonoticias.com.br/noticias/8906-2014/12/02/brumado-guardas-municipais-vao-a-camara-anunciar-a-marcha-azul-marinho

Continue Lendo

Mais Populares

Guardas Municipais - Todos os direitos reservados © 2021 | Desenvolvido por Melhores Templates