Connect with us

Ocorrências

Guardas Municipais ajudam usuários de crack a deixar o vício

Publicado

em

Guarda Municipal, a verdadeira POLÍCIA COMUNITÀRIA.

Desde o mês de maio, equipes da Guarda Municipal de João Pessoa ocupam o Parque Solon de Lucena, praça Ponto de Cem Réis, no Centro da cidade, e o Largo de São Francisco, no Varadouro, para ajudar os usuários de drogas que concentram-se nesses locais a deixar o vício. A ação é uma das atividades do programa “Crack, é Possível Vencer”, implantado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), sob a coordenação da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb).

Segundo o secretário de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Geraldo Amorim, a área do Centro foi escolhida devido ao histórico de tráfico de drogas e presença de usuários em determinados pontos do bairro. Para se aproximar dos dependentes químicos e oferecer ajuda, duas equipes formadas por 19 guardas civis estão distribuídos no Ponto de Cem Réis e no Largo de São Francisco, de segunda à sábado, das 7h às 18h.

Antes de ir às ruas, os guardas municipais participaram de uma capacitação para humanizar o serviço e saber para onde encaminhar os usuários de drogas aos serviços disponibilizados na rede pública do município.

“Os guardas municipais foram capacitados para trabalhar a prevenção e um novo tipo de visão do usuário de drogas. Essas pessoas serão compreendidas não como traficantes ou pessoas marginalizadas, mas como alguém doente que precisa de encaminhamento e assistência para ter outra opção de vida. A gestão municipal não quer apenas ‘higienizar’ esses territórios, quer dar uma opção a esses usuários dependentes químicos que precisam de ajuda”, explicou Geraldo Amorim.

Para o chefe da equipe da Guarda que atua no Ponto de Cem Réis, Antonione de Castro, a proximidade das equipes com os dependentes químicos é uma ação de cidadania. “Quando a gente encontra uma pessoa que quer ajuda, para nós é uma satisfação poder acolher esse usuário e tentar mudar a situação de vida dele. É um trabalho gratificante”, ressaltou.

O responsável pela Semusb adiantou ainda que além da presença constante dos guardas civis, as áreas escolhidas para o projeto contarão ainda com vídeomonitoramento, viaturas e motocicletas para atender aos usuários.

“O vídeomonitoramento é para identificar quem está levando a droga para esse usuário e auxiliar também na ação dos demais órgãos da Segurança Pública. Já recebemos o ônibus com os monitores das câmeras de vigilância, duas viaturas e duas motocicletas, que estão sendo emplacadas. As câmeras serão instaladas quando os locais forem liberados pelo Iphan”, afirmou o secretário, lembrando ainda que a expectativa é que os equipamentos comecem a funcionar a partir do próximo mês de setembro.

Encaminhamento- A abordagem aos usuários do crack e de outras drogas que vivem nas ruas do Centro da capital são realizadas por equipes da Guarda Municipal e também por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e tem o objetivo de despertar nessas pessoas interesse pelo tratamento do vício.

A coordenadora e vice-presidente do Comitê Gestor do Programa da Prefeitura de João Pessoa, Valéria Cristina da Silva, explicou que essa articulação entre a Semusb e a SMS também será importante para elaborar o plano de ação para atender a demanda e traçar um perfil dos usuários de drogas que estão na Capital.

“A Semusb é o ponto central para a execução do Programa e estamos elaborando um plano de ação central junto com as outras secretarias envolvidas para ampliar a rede de saúde voltada para o atendimento a esses usuários. Se a Guarda se depara com uma demanda, ela precisa saber quem identificar para poder fazer os encaminhamentos e o Comitê Gestor fará o monitoramento dos casos. Vamos estabelecer indicadores dos resultados e metas de acompanhamento”, disse.

aléria da Silva lembrou ainda que o acompanhamento dos usuários atendidos pelo Programa será feito durante o período de um ano. Para isso, será ampliado o número de Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) e leitos hospitalares específicos para receber esses pacientes.

Segundo a coordenadora de Saúde Mental da Prefeitura da Capital, Janaína Demery, haverá um treinamento específico para os profissionais de saúde que atenderão os dependentes químicos na rede hospitalar, que contará inclusive com leitos reservados para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, e adiantou que outras duas unidades de Caps AD serão implantadas na Capital ainda este ano.

“Nas ruas, esses usuários serão atendidos pelo pessoal do Consultório na Rua e Ruartes, que prestarão um serviço de urgência para crises agudas. Se a pessoa for acolhida no hospital, ela será encaminhada para o Caps AD onde terá atendimento individual”, reforçou.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ocorrências

Guarda Municipal prende traficantes no bairro Morro Alto em Paulínia

Publicado

em

Combate ao tráfico de drogas em Paulínia

A Guarda municipal de Paulínia prendeu em flagrante na tarde de quarta-feira (25) dois homens acusados de trafico de drogas na região do bairro Morro Alto.

A ação da GM teve início após uma denúncia anônima de que estaria ocorrendo trafico de drogas na praça do bairro. Guardas Municipais abordaram três homens que estavam em um ponto de ônibus em atitudes suspeitas.

No banco do ponto de ônibus, a GM localizou maconha que pertencia a um dos homens. Questionado, ele disse ter comprado dos outros dois detidos. Seguindo as informações da denúncia, os guardas localizaram as drogas, que estavam escondidas no tronco de uma árvore, sendo 56 pedras de crack e 21 porções de maconha.

Após a prisão, foram feitas buscas nas residências dos acusados, em três bairros diferentes. Em duas das casas nada foi encontrado, mas na casa de um jovem, a GM encontrou cinco tabletes de maconha prensada, 40 porções de maconha embalada pronta para ser comercializada, além de 37 porções de cocaína, uma balança de precisão e R$ 200,00 provenientes da venda dos entorpecentes.

Os três homens foram encaminhados para o plantão policial, e autuados em flagrante. O homem que comprou a droga foi ouvido como testemunha e liberado. A droga apreendida foi encaminhada para o IML em Campinas.

Continue Lendo

Ocorrências

GCM apreende capsulas de cocaína com fotos de Cristiano Ronaldo

Publicado

em

Jovem de 18 anos foi detido em Salto, SP

Guardas apreenderam mais de 3 mil adesivos do craque português Cristiano Ronaldo

Entorpecente traz imagem do craque português Cristiano Ronaldo (Foto: Valter Lenzi Jr/Jornal Taperá)Entorpecente traz imagem do craque português Cristiano Ronaldo (Foto: Valter Lenzi Jr/Jornal Taperá).

A Guarda Civil Municipal deteve um jovem de 18 anos por tráfico de drogas na noite de terça-feira (24), em Salto (SP). Com ele, os guardas apreenderam centenas de cápsulas de cocaína estampadas com a foto do jogador Cristiano Ronaldo, craque da seleção portuguesa.

Segundo a GCM, uma viatura fazia patrulhamento pelo Jardim União quando os guardas suspeitaram de dois homens parados próximos a um caminhão.

Durante a abordagem os guardas localizaram, perto do pneu do veículo, uma sacola com 30 cápsulas de cocaína com a foto do craque português, além de 182 porções de crack. Um dos homens confessou, segundo a GCM, ser o dono da droga.

Em seguida, os guardas foram até a casa do suspeito, onde encontraram um revólver calibre 38 com numeração raspada, munições, quase 500 cáspulas com cocaína, além de mais de 2 mil vazias, porções de maconha, uma balança de precisão e outros materiais usados para misturar e preparar as drogas. Além das drogas e da arma, os guardas encontraram mais de três mil adesivos com a foto de Cristiano Ronaldo.

Para os guardas, o jovem assumiu que era o dono do ponto de tráfico e que misturava as drogas sozinho em casa. A ocorrência foi registrada na delegacia do município. Após ser indiciado em flagrante por tráfico de drogas, o servente de pedreiro foi levado para uma cadeia da região. O segundo homem abordado foi autuado e liberado.

Continue Lendo

Ocorrências

Guarda Municipal ajuda no parto de mulher em situação de rua

Publicado

em

Guarda Municipal em defesa da vida

Uma equipe de sete guardas municipais realizou o parto de uma moradora de rua, na noite de segunda-feira (23), na Gamboa, região portuária do Rio.

Segundo a GM (Guarda Municipal), por volta das 22h30, os guardas, que trabalham em uma base do Porto Maravilha, foram acionados pelo companheiro da mulher, que, segundo ele, passava mal. Quando os agentes chegaram ao local, perceberam que a gestante entrava em trabalho de parto.

Ainda de acordo com a GM, os guardas acionaram o Samu, mas não houve tempo. O bebê — uma menina — acabou nascendo com o auxílio da equipe.

A mulher e a criança foram levadas para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro, e passam bem.

Continue Lendo
Publicidade

Mais Populares

Guardas Municipais - Todos os direitos reservados © 2021 | Desenvolvido por Melhores Templates