Boletim Informativo
Boletim Concursos
Enquete
O Município deve participar na prevenção do crime e da violência?
 
Enquete
O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?
 
ENQUETE
Regulamentação das Guardas Municipais - Qual o nome ideal?
 
Enquete
Piso salarial nacional para Guarda Municipal
 
Conteúdo Restrito
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Noticias

pict0049Vivemos em um contexto profissional predominantemente masculino e isso se deve em grande parte, ao fato do tema da segurança pública sempre ter sido colocado à margem da sociedade e ao profissional da área, exigir-se apenas o uso da força. Conseqüência disto é que em algumas cidades do Brasil, ainda existe cotas para o ingresso de mulheres nas Guardas Municipais. Em Natal, já conseguimos avançar no sentido de termos nosso número de vagas em aberto. Num total de aproximadamente 850 integrantes em todo o Estado do Rio Grande do Norte, apenas em torno de 140 são mulheres


Nada deixamos a desejar, pois, desempenhamos nosso trabalho com muita competência e assim seguimos construindo nosso espaço na luta por uma segurança pública que respeite os direitos humanos dos cidadãos e das cidadãs.
 Seja no serviço operacional, burocrático ou na luta por direitos, enquanto classe trabalhadora, temos companheiras atuando, se fazendo respeitar e empunhando nossas bandeiras pela igualdade entre homens e mulheres.
Lembremos que a Lei Maria da Penha cita a Guarda Municipal, como uma das instituições que precisam ter capacitação permanente para lidar com a demanda da violência doméstica e familiar. A violência praticada contra a mulher, ou a violência de gênero, é um fato que existe há muito tempo em nossa sociedade. Desta forma, precisamos nos preparar para compreendermos e respeitarmos a situação de fragilidade em que as mulheres em situação de violência se encontram, quando nos procuram nos postos de serviço.
Hoje, nosso grande desafio é incorporarmos na formação do/da Guarda Municipal, a disciplina que trata do resgate histórico de violência contra a mulher e a Lei 11.340/2006 – A Lei Maria da Penha.
É importante ressaltar que a violência de gênero atinge as mulheres independentemente da cor, idade, religião, etnia, nacionalidade, hora, dia, local, orientação sexual ou condição social. O álcool e outras drogas potencializam a prática dessa violência, principalmente durante os finais de semana e feriados, por isso a necessidade de nossas DEAM’S, funcionarem pelo período de 24h, em regime de plantão.
Quantas ocorrências já chegaram aos postos da Guarda Municipal do Natal? Quantas mulheres violentadas já nos pediram ajuda? Temos casos de violência envolvendo nossos companheiros e nossas companheiras de trabalho? Estas são as perguntas que não querem calar? Necessitamos de um olhar mais sensível por parte da Prefeita, do Comandante da GMN e do Secretário da SEMDES, no sentido de proporcionar uma discussão mais aprofundada sobre a realidade em que as mulheres estão submetidas.
Faz-se necessário que as mulheres da Guarda Municipal, também se engajem na luta pela criação de mais delegacias especializadas no atendimento às mulheres – as DEAM’s, pelo funcionamento dos Juizados Especiais, por mais Casas Abrigo e pela qualificação permanente dos operadores e das operadoras da segurança pública.
Precisamos fazer o debate no interior da categoria, tanto no aspecto da capacitação para melhor atendermos às mulheres que batem a nossa porta, quanto para que nossas mulheres Guardas Municipais se compreendam como cidadãs de direitos e reivindiquem melhores condições de trabalho, equipamentos de proteção como coletes femininos, que tenhamos mais mulheres nas viaturas e assim possamos desempenhar nosso trabalho a cada dia com mais eficiência.
Fazemos um chamado a todas as mulheres da Guarda Municipal, para se somarem à luta por mais igualdade entre homens e mulheres. Vamos fortalecer o dia 08 DE MARÇO – DIA INTERNACIONAL DA MULHER.  
 
“Lugar de mulher é na Segurança Pública!”     
 
 SINDGUARDAS/RN

Margareth Vieira
Contatos: (84) 9954-5604 / 8837-9005
Diretora de Formação Política- DCE/IFRN
Presidenta do SINDGUARDAS/RN
 
http://www.sindguardasrn.blogspot.com/
http://twitter.com/#!/MargarethGM

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Pesquisar no Portal
Pessoas online agora
Nós temos 38 visitantes online
A Luta Não Pára Aqui
Livro

Guardas Municipais a Revolução na Segurança Pública
Peça o seu pelo email: naval153gm@ig.com.br


Últimas do Livro de Visitas
GCM Yonamine
Sou GCM de Guarulhos e instrutor e armeiro credenciado pela Policia Federal caso sua corporação necessite de ajuda em armamento e instrução de tiro po...
Seg, 11 de Fevereiro de 2013
Eduardo Marcondes
Companheiros de farda, estou em campanha para colheita de Assinatura do Projeto de Lei de Iniciativa Popular, para tornar Crime Hediondo, ataques aos ...
Seg, 04 de Fevereiro de 2013
Marcus L N Alves Gouveia
Gostaria de deixar o meu protesto, contra aquele coronel da pm , que deu entrevista no programa do Faustão sobre a tragédia de Santa Maria, que se ref...
Seg, 28 de Janeiro de 2013
GCM-P.CÉSAR
QUERO OBTER INFORMAÇÕES DE COMO CADASTRAR O ESCUDO DE MINHA CORPORAÇÃO NESTE IMPORTANTE VEÍCULO DE INFORMAÇÃO PARA ÀS GUARDAS MUNICIPAIS DE TODO O BRA...
Qui, 03 de Janeiro de 2013
jose roberto
UM GRANDE ABRAÇO A NAÇÃO AZUL MARINHO. ACESSEM TAMBEM MEU BLOG GCMCAMPOS.BLOGSPOT.COM.BR
Qua, 28 de Novembro de 2012
Gilson Vieira Silva
Olá Grandes irmãos Azul Marinho, estou hoje no comando da Guarda Civil Municipal de Teixeira de Freitas, no Extremo sul da Bahia,como diz um colega de...
Dom, 25 de Novembro de 2012
GC Cintia
Na minha cidade existem duas guardas! A GCM e a GCP (patrimonial). É irregular e injusto, pois nós da patrimonial, que tb somos GCs, somos tratados co...
Sex, 16 de Novembro de 2012